Memórias Pai Cleon

     O livro Memória Pai Cleon Patriarca da Nação Cabinda, escrito por Eduardo Lopes (Pai Eduardo de Xapanã), narra a história de vida de Pai Cleon, todos os seu sonhos e conquistas, momentos de dificuldades, perdas, seus primeiros passos como religioso, a construção do Reino de Oxalá. O livro também conta com depoimentos de amigos e filhos, homenagens à sua acestralidade. Também revela alguns desejos de Pai Cleon que até o lançamento do livro permaneciam de alguma forma como em "segredo". 

     A seguir uma particula desse trabalho que resultou em uma linda história de tradição e que hoje pode-se dizer que de certa forma contribuiu e muito para que o axé da Nação Cabinda se perpetue.

 

[...]  Em 1959, quando foi escolhido por Mãe Palmira, Pai Celon havia passado por momentos difíceis. Nesse período de identificação que precedeu a escolha de sua Yalorixá, surgiram muitos outros caminhos e Nações para serem seguidos, mas já não lhe despertava a atenção as Nações Jêje, Ijêxá e o Oyó, Pai Cleon fez o rio voltar ao seu curso. [...]

 

Que o Pai Oxalá Abençoe a todos!

Axé de Oxalá.